O Plano de Marketing para 2018

O Plano de Marketing para 2018

O ano de 2018 promete ser um ano de grandes surpresas  na área do marketing.

Ainda mal começou e já sabemos que o Facebookvai mudar o algoritmo de tráfego orgânico, o Googlecada vez mais valoriza o conteúdo, o vídeo e a imagem, as compras online crescem a nível entusiasmante e atingir o público-alvo torna-se cada vez mais complicado.

Vivemos numa fase de marketing 4.0, em que segundo Phillip Kotler, é a integração do marketing “tradicional” com o marketing relacional e o marketing digital, dando origem à estratégia integrada de marketing.

A estratégia integrada de marketing tem como finalidade adequar a estratégia de marketing tradicional com a estratégia de marketing digital, permitindo assim obter os melhores resultados de marketing em prol de um negócio.

 

Como melhorar o plano de marketing?

Quando se elabora um plano de marketing, devemos ter sempre em consideração alguns pontos:

  • Quais os nossos objetivos de marketing;
  • Quais as nossas estratégias de marketing;
  • Quais as nossas táticas de marketing;
  • Quais são nossos planos de ação;
  • Qual o budget e o controlo do plano de marketing;

Um plano de marketing deve ter sempre em conta objetivos exequíveis, controláveis e mensuráveis, na qual serão a linha orientadora de todo o plano de marketing.

Após a definição dos objetivos de marketing, segue-se a definição do público-alvo, do marketing-mix e a definição dos planos de ação, que são o grande problema para muitos negócios.

 

Como definir o plano de ação

Para o plano de ação, o mais importante é saber o que pretendemos desenvolver para o negócio ao nível de marketing, marketing digital e comunicação.

Com o crescimento do marketing digital, aposte em estratégias como:

  • Desenvolver um site responsive, user-friendly, clean, que permita aos utilizadores um navegação fácil e simples;
  • Market Places ou lojas online – as compras online crescem e com isso, aumentam o número de oportunidades online. Se o seu cliente está online, o seu negócio deve estar online, pois é a sua loja aberta 24 horas por dia, em qualquer parte do mundo;
  • Aposte nos Conteúdos, seja artigos para blog, notícias para o site, posts nas redes sociais, vídeos e imagens. Lembre-se que o consumidor gosta de experiência e de sentir ligação a uma marca;
  • Estratégias SEO, desde links nas redes sociais, links internos e backlinks, o SEO é extremamente importante na estratégia online, pois é este que posiciona a nossa marca nos motores de busca e dá relevância ao nosso site;
  • Campanhas de Marketing Digital (SEM) – promova a sua marca nos motores de busca, tendo em conta o seu público-alvo e as suas necessidades. Aposte na otimização da campanha e no remarketing;
  • Redes Sociais – com a alteração do algoritmo do Facebook, o tráfego orgânico tem sofrido alterações abrutas, principalmente para quem apostava na qualidade do conteúdo para promover e comunicar com o mercado. Na realidade, as publicações pagas e as campanhas de marketing no facebook ads farão parte do seu plano editorial. No Instagram, o crescimento da rede social continuará a fazer-se a olhos vistos. Se aposta no B2B, o Linkedin continua a ser uma ferramenta interessante para o seu negócio;
  • O email-marketing, que há muito tempo é dado como falecido, continua a ressuscitar-se e a reinventar o seu funcionamento. Aliado a ele, existe as altas taxas de conversão e de penetração, assim como o marketing relacional. Esta estratégia está viva e veio para ficar!
  • CRM – acompanhar os clientes é base do sucesso de uma empresa. Não se esqueça que é 7 vezes mais fácil manter um cliente do que angariar um novo;
  • Funil de Vendas;

 

  • Use o vídeo-marketing como forma de sensibilizar o seu público para a sua marca, através das redes sociais e campanhas de marketing online;
  • Influenciadores Digitais – Os bloguers, youtubers e influenciadores digitais agitaram o mercado digital e são uma excelente forma de penetrar em segmentos com público quantificado e perfilado para a nossa marca;
  • Desenvolva parcerias com marcas e blogues, através de conteúdo e backlinks, São uma excelente forma de promover a marca e conseguir tráfego de qualidade;
  • Marketing de afiliados – embora não seja uma área que ainda atingiu o seu clímax em Portugal, cada vez mais existe marcas que apostam nesta área e plataformas que gerem a rede de afiliados. Invista algum tempo e budget neste sistema e escolha a melhor estratégia para o seu negócio;
  • Gaming, uma das apostas mais seguras para o futuro, assim como o livestreaming;

Ao definir o seu plano de ação, nunca se deve esquecer dos “KPI’s” – critério de avaliação do sucesso da ação.

O seu negócio já fez UP ao seu plano de marketing?

Sem comentários

Publicar um comentário

Temos uma ideia para partilhar consigo.
Que tal, criarmos em conjunto o seu novo projecto. Vamos falar?

Loading...